Início > No motor PM > Por que normalmente não há redutores em motores de acionamento direto de ímã permanente?

Por que normalmente não há redutores em motores de acionamento direto de ímã permanente?

2024-01-18 11:32:30

By

    Compartilhar com:

O motor de acionamento direto de ímã permanente é um tipo especial de motor. Uma característica importante que o distingue de outros motores é que não requer o uso de mecanismo de redução convencional. Os redutores são frequentemente usados ​​para converter a rotação de alta velocidade de um motor em uma saída de velocidade mais baixa para diferentes aplicações. Os motores de acionamento direto de ímã permanente, através de seu design e princípio de operação exclusivos, são capazes de fornecer diretamente a velocidade de saída necessária, eliminando assim a necessidade de um redutor.

O que é um redutor

Um redutor é um dispositivo de transmissão mecânica usado para reduzir a velocidade e aumentar o torque da saída de um motor. Geralmente consiste em componentes como engrenagens e rolamentos, e funciona convertendo a entrada de um motor rotativo de alta velocidade em uma saída de velocidade mais baixa, mas de torque mais alto.

Função e princípio de funcionamento do redutor:

A principal função de um redutor é converter a entrada de um motor rotativo de alta velocidade em uma saída de baixa velocidade adequada para uma aplicação específica, enquanto aumenta o torque de saída. Ele atende aos requisitos de velocidade e torque de diferentes aplicações e fornece uma saída mais estável.

Um redutor funciona convertendo velocidade e torque através da coordenação entre engrenagens ou outros elementos de transmissão. O eixo de entrada é conectado ao motor, que alimenta o redutor com potência rotacional de alta velocidade. A combinação destas engrenagens ou elementos de transmissão atinge diferentes taxas de redução, reduzindo assim a velocidade de saída e aumentando o torque de saída.

Classificação dos redutores:

Redutor de engrenagem: Os redutores de engrenagem usam engrenagens para converter a velocidade de entrada. Os tipos comuns incluem redutores de engrenagens helicoidais, redutores de engrenagens cilíndricas e redutores de engrenagens cônicas.

Redutor de minhoca: O uso de engrenagens helicoidais e sem-fim para reduzir a velocidade de saída e aumentar o torque.

Redutor planetário: Constituído por um sistema de engrenagens planetárias, este redutor é capaz de proporcionar altas taxas de redução e construção compacta.

Por que os motores de acionamento direto de ímã permanente não requerem um redutor

Os motores de acionamento direto de ímã permanente são um tipo especial de motor que tem a vantagem de acionar diretamente uma carga sem a necessidade de redutor. Existem vários motivos pelos quais os motores de acionamento direto de ímã permanente operam sem redutor:

Alta densidade de torque: Os motores assíncronos convencionais possuem um multiplicador de torque de partida limitado e um multiplicador de torque máximo. Portanto, é necessário um redutor para reduzir a velocidade e aumentar o torque. Sob condições normais de operação, o motor está em operação com carga leve e seu fator de potência é relativamente baixo. Os motores de acionamento direto com ímã permanente usam ímãs permanentes altamente eficientes como fonte de excitação dentro do motor e possuem alta intensidade de campo magnético e densidade de energia magnética. Isso permite que motores de acionamento direto de ímã permanente produzam um torque de saída mais alto com menos volume e peso sem redutor, atendendo à potência exigida pela carga.

Alta rotação: Os motores de acionamento direto de ímã permanente normalmente têm uma faixa de rpm alta e podem fornecer diretamente as rpm necessárias sem a necessidade de reduzir a rpm por meio de um redutor. Isto reduz a complexidade do sistema e reduz as perdas de energia durante a conversão de energia.

Alta eficiência: Os motores de acionamento direto de ímã permanente são capazes de converter diretamente a saída de alta velocidade do motor na baixa velocidade exigida pela carga. Em contraste, um redutor introduz perdas adicionais na transmissão mecânica que reduzem a eficiência do sistema. Portanto, os motores de acionamento direto de ímã permanente apresentam menores perdas de energia durante o processo de conversão de energia e maior eficiência de conversão de energia.

Menos componentes de transmissão: Os motores de acionamento direto de ímã permanente não requerem redutor, o que reduz o número e a complexidade das peças no sistema de transmissão. Isto reduz os custos de manutenção do sistema e melhora a confiabilidade e a estabilidade do sistema como um todo.

Baixo ruído e custos de manutenção: Os sistemas de motores convencionais que usam redutores às vezes podem ser barulhentos devido ao ruído das engrenagens e à perda por atrito que os redutores normalmente causam. Os motores de acionamento direto de ímã permanente, por outro lado, não necessitam de redutor e, portanto, apresentam níveis de ruído mais baixos. Além disso, os redutores exigem manutenção regular e substituição de peças devido a problemas que envolvem desgaste e lubrificação das engrenagens, enquanto os motores de acionamento direto de ímã permanente têm custos de manutenção relativamente baixos.

 

Aplicações de motores de acionamento direto de ímã permanente

Os motores de acionamento direto de ímã permanente são amplamente utilizados em muitas aplicações devido à sua alta densidade de torque, alta eficiência e controle de alta precisão. A seguir estão algumas das áreas de aplicação comuns para motores de acionamento direto de ímã permanente:

Indústria de máquinas-ferramenta: Os motores de acionamento direto de ímã permanente têm aplicações importantes em máquinas-ferramentas e equipamentos de usinagem. Sua alta densidade de torque e controle de alta precisão os tornam acionamentos de fuso ideais. A alta velocidade de rotação e a alta capacidade de resposta dos motores de acionamento direto de ímã permanente permitem velocidades de corte mais rápidas e maior produtividade.

Máquinas Têxteis: Na indústria têxtil, é necessário um controle preciso do movimento para ajustar a velocidade de trabalho e a tensão das máquinas têxteis. Os motores de acionamento direto de ímã permanente fornecem controle de velocidade e torque altamente preciso e são adequados para uso em sistemas de acionamento de passo e sistemas de transmissão continuamente variáveis ​​para máquinas têxteis.

Geração de energia solar e eólica: Os motores de acionamento direto de ímã permanente são cada vez mais utilizados no campo das energias renováveis. Eles são usados ​​como drivers para turbinas eólicas e sistemas de rastreamento solar, proporcionando conversão de energia eficiente e produção de energia estável.

A aplicação de motores de acionamento direto de ímã permanente não se limita aos campos acima, mas também é amplamente utilizada em outros campos industriais e equipamentos mecânicos para atender a diferentes necessidades de controle de movimento. Com o progresso contínuo e a inovação da tecnologia, a perspectiva de motores de acionamento direto de ímã permanente em mais campos será ainda mais expandida. Com todas as vantagens que “sem redutor” traz, os motores de acionamento direto de ímã permanente serão mais amplamente reconhecidos.

 

 

PRODUTO RELACIONADO